LOGO-H3DYNAMICS-EVEHX.png

 

  • REDUÇÃO DE CUSTOS, RISCOS E TEMPO
  • QUALIDADE, PADRONIZAÇÃO E FLUXO DE TRABALHO OTIMIZADO
  • MAPEAMENTO AUTOMÁTICO DAS ANOMALIAS
  • INTERATIVIDADE COM FILTROS POR ANOMALIA E GRAU DE RISCO/PRIORIDADE
  • DIGITALIZAÇÃO DE PONTA A PONTA
  • HISTÓRICO GRÁFICO DAS ANOMALIAS POR FREQUENCIA E REVESTIMENTO
  • GESTÃO DA QUALIDADE EM FACHADAS PARA CONSTRUTORAS

 

vagas-limitadas-2.png
h3zoom-curso-2.png

EXECUTE PLANOS DE VOOS INTELIGENTES PARA A COLETA DE DADOS COM QUALIDADE E PADRÃO, QUE CONTRIBUEM PARA OTIMIZAR O FLUXO DE TRABALHO DE ANÁLISE E GERAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.

 

Público-Alvo: Empresas de Engenharia, de Gestão de Facilities e Condomínios, e Construtoras.

Por ser uma tecnologia recente, muitos profissionais da engenharia e gestão de facilities não sabem o que exigir para se alcançar qualidade na coleta dos dados por drones, e quais metodologias podem ajudar para se obter um fluxo de trabalho otimizado, viável e com resultados satisfatórios e diferenciados. 

 

As inspeções e vistorias de fachadas com drones reduzem tempo, custos e riscos. Todavia, para que a coleta dos dados tenha consistência e qualidade, a análise dos dados seja eficiente e os resultados gerados tenham qualidade, padronização e interatividade, é importante aplicar metodologias e tecnologias que otimizem o fluxo de trabalho e que possam contribuir para melhor análise dos dados. Além disso, é importante conhecer a legislação para o tráfego aéreo dos drones e as normas da engenharia aplicadas à inspeção e vistorias prediais.

 

Como parte do fluxo de trabalho otimizado, resultados interativos contribuem para melhorar a visualização do mapeamento das anomalias, como filtros por tipo de anomalia e por grau de risco/prioridade, dentre outras informações referentes à cada anomalia identificada. E esta é a proposta da H3ZOOM.AI a partir da solução tecnológica desenvolvida pela H3ZOOM.AI em Cingapura, país conhecido como líder em inovação e em cidades inteligentes, e que tem sido aplicado no Brasil com sucesso e contribuído para melhorar as inspeções prediais a partir dos drones.

 

O curso destaca o fluxo de trabalho inicial da inspeção por drones a partir da técnica dos voos automatizados, sempre que possível, para a coleta de dados a partir de planos de voos gerados automaticamente pelo FlightMap H3ZOOM. Nesta etapa, é possível obter padronização, qualidade e consistência na coleta dos dados (imagens da fachada), com resolução cm/pixel mais estável, com baixa sobreposição entre as imagens, gerando um menor volume de imagens para serem validadas pelo especialista, e um mapeamento mais preciso, realizado automaticamente.

Abordamos o passo a passo da geração do plano de voo automatizado à execução em campo. Em poucos minutos é possível gerar planos de voos inteligentes e complexos para inspeções no plano vertical de estruturas 3D, com aplicação útil para condomínios com muitas edificações como é o caso do programa Minha Casa Minha Vida. Além de criar o plano de voo que considera obstáculos, o software mostra o grid de imagens esperado para a coleta de dados da fachada e que é utilizado como referência para os algoritmos que realizam o mapeamento das anomalias na fachada, um dos desafios para profissionais que desejam realizar inspeções com drones.

 

sensores-gsd-2.png

Com os dados em mãos, é feito o upload na plataforma na nuvem para que a inteligência artificial identifique as anomalias e estas sejam apresentadas no IRIS, plataforma da H3ZOOM.AI para validação pelo especialista. Posteriormente, gera-se automaticamente os relatórios das anomalias com interatividade como filtros de visualização por grau de risco e por anomalia, bem como quantidade de cada anomalia nas fachadas.   

 

A partir do aprendizado para a coleta dos dados, os alunos do curso poderão realizar a inspeção para seu cliente e aplicar na plataforma H3ZOOM Facade Inspector para que tenham seus próprios cases com a plataforma. Cada aluno poderá realizar um projeto trial (ONE) na plataforma H3ZOOM no prazo de 5 meses após a realização do curso.

 

O curso também aborda as principais metodologias de coleta e análise de dados por drones para a inspeção predial (também útil em outras inspeções), modelos de drones, sensores (RGB e termal) e suas características, noções básicas de aerofotogrametria, GSD, bem como a legislação para tráfego aéreo de drones e normas técnicas da engenharia aplicadas à inspeção predial.  

 

O curso inclui atividades teóricas e práticas (dependerá do clima) em campo para a inspeção de fachadas com drones a partir de voos automatizados e no modo manual.

grafico-h3zoom-fm-mini.png
imagem termal.png

Imagens termais muitas vezes contribuem para a identificação e confirmação do tipo de manifestação patológica. Faz parte do curso. 

linha.jpg
mercado-inspecoes-prediais-drones.png
inspecaodeprocedencia.png
vistoriacautelardevizinhanca.png
gestaodaqualidade-h3zoom.png
vistoriaentrega.png
inspecaoleimunicipal.png
avaliacao-de-imoveis-drone-h3zoom-2.png
linha.jpg

Treinamento Personalizado. Até 3 participantes

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

  1.   Vantagens e desvantagens da utilização dos RPAS (drones) nas inspeções e vistorias prediais e na gestão de facilities
  2.   Legislação vigente para RPAS (drones) focada nas atividades de inspeções e vistorias prediais
  3.   Documentos obrigatórios para as operações com RPAS
  4.   Quais mercados demandam por inspeções prediais com RPAS?
  5.  Principais atividades do fluxo de trabalho com RPAS: da inspeção com drone ao relatório/laudo técnico (Piloto, checklist, autorizações, baterias, viagem/deslocamento, montagem, plano de voo, dados coletados, controle de qualidade, processamento e análise, relatórios)
  6.   Segurança Operacional. Como mitigar os riscos?
  7.   Modelos e marcas de RPAS mais adequados e utilizados para a realização das inspeções prediais
  8.   Considerações sobre sensores embarcados em RPAS para fins de inspeções prediais (RGB, Termal e Dual)
  9.   Como as imagens termográficas podem ajudar na identificação de anomalias
  10. Como coletar  as imagens termográficas
  11. Normas da Engenharia
  12. Anomalias que podem ser analisadas a partir dos dados coletados por RPAS e seus sensores
  13. Como estimar o número de imagens a serem captadas durante a inspeção?
  14. A importância da resolução dos pixels na fachada a partir das características do sensor e da proximidade da fachada
  15. Modelos digitais como suporte aos voos automatizados
  16. Metodologias de Inspeções Prediais A Partir dos Drones
  17. Planos de voo para inspeções verticais
  18. Plano de voo automatizado a partir de modelos 3D Mesh/FlightMap H3ZOOM
  19. Treinamento no software de execução de plano de voo
  20. IRIS – Plataforma digital na Nuvem de detecção de anomalias pela inteligência artificial e ferramentas para validação e complementação de informações pelo especialista
  21. Façade Inspector – Relatório Automatizado e Interativo de Anomalias
  22. Interface de Gestão de Anomalias Para Empresas de Facilities, Proprietários de Imóveis e Construtoras (gestão da qualidade - histórico de anomalias)
  23. Estudos de Caso
  24. Geração do Plano de voo e Execução em campo (dia 26 de Julho no segundo período)
inteligencia-artificial-H3ZOOM.png

PREMIAÇÕES GLOBAIS

premiacoes=h3dynamics.png
world-built-finalista.png
BUILTWORLD.png

FORMULÁRIO DE PRÉ-INSCRIÇÃO
(responderemos com as informações de pagamento e do curso)